• 26JUL

    Santana do Paraíso MG

Instagram

(19) 3367.6520

Facebook

  • JULHO

    • 26

      Santana do Paraíso-MG
      Praça de Eventos

      23h

      +info

      Praça de Eventos


  • AGOSTO

Nascidos e criados em família circense, os irmãos Cadorini tiveram grande apoio do pai, o palhaço e acrobata Beijinho, que percebeu o carisma e o talento dos filhos ainda quando crianças. Incentivados pela família, começaram a cantar desde muito novos. Inicialmente, utilizavam os pseudônimos de Pepi e Pupi e apresentavam-se em praças públicas, bares, rodeios, bailes e em circos. Acostumados desde cedo aos espetáculos e à estrada, logo adquiriram a experiência necessária para mostrar o potencial que tinham para a música.

Em 1991, já como Edson & Hudson, passaram pelo show de calouros de Raul Gil, onde tiveram a grande oportunidade de serem vistos e ouvidos pelo grande público. A voz poderosa e afinada de Edson unida aos riffs de rock da guitarra de Hudson (a época nada usuais na música sertaneja), chamaram logo a atenção do público e dos formadores de opinião. Essa mistura acabou se tornando o grande diferencial da dupla e marcou um estilo que revolucionou o mercado sertanejo, atraindo e influenciando uma nova geração de seguidores e artistas. Outro fato importante que ajudou a alavancar ainda mais a popularidade da dupla foi a explosão do mega hit “Azul” nas principais rádios do Brasil.

Entre 1995 e 2009, os irmãos passaram por quatro gravadoras: RGE, Sony Music, Deck Disc e EMI Music, lançando dezessete álbuns, entre CDs e DVDs de carreira e compilações, contabilizando a venda de mais de 1 milhão de discos. Também neste período, Edson & Hudson passou a figurar como atração principal dos mais maiores eventos de música sertaneja e rodeios, como: Barretos, Jaguariúna, Americana, Osasco, entre outros, batendo consecutivamente o recorde de público de cada festa.

Em 2009, os irmãos resolveram que era hora de se separarem para alçar novos vôos e novos projetos (solo), entristecendo legiões de fãs em todo Brasil. Contudo, pouco antes da separação, deixaram registrado o álbum CD e DVD “Despedida”.

Após dois anos de dedicação aos seus projetos pessoais, Edson e Hudson concluíram que de fato um completa o outro, seja nos palcos, nas composições, nas parcerias e, principalmente, na vida. Para a alegria geral de todos os fãs da música sertaneja, os irmãos Cadorini decidiram então que era o momento certo para voltarem a cantar juntos. E assim foi feito! O primeiro show de retorno da dupla aconteceu no dia 22 de outubro de 2011, em São Paulo, no Credicard Hall e os ingressos esgotaram com mais de uma semana de antecedência. E assim a dupla voltou com tudo!

Essa bela trajetória que teve início há anos sob a lona de um circo, naturalmente fez com que a dupla decidisse marcar a gravação do histórico DVD “Faço um Circo pra Você – Ao Vivo” (Radar Records), lançado em janeiro de 2013.

No mesmo ano, um novo projeto será lançado. “Na hora do Buteco” foi criado em homenagem aos 103 anos da música sertaneja que tem por objetivo resgatar a música raiz e ampliar os laços criados entre os cantores e o público. Os irmãos agora levam para a estrada e para as rádios toda a magia de suas músicas.

  • Alexandre C

    Motorista

  • Aliciano (Neno)

    Aux. De Produção

  • André (Rã)

    Aux. De Produção

  • Beto Gobbo

    Produtor

  • Beto Lesco

    Secretário Edson

  • Cicero (Cição)

    Motorista

  • Denilson (Denão)

    Op. de G-LEC

  • Edison G. (Edinho)

    Produtor Geral

  • Edson G. Jr. (Juca)

    Câmera

  • Evandro (Vandão)

    Produtor Técnico

  • Fabiano S. Marcondes

    Op. de G-LEC

  • Gustavo (Fosko)

    Roadie Edson

  • Laudecir (Carioca)

    Iluminador

  • Marcelo (Lazanha)

    Técnico de PA

  • Marco Aurélio (Marcão)

    Técnico de monitor

  • Marcos Antonio da Silva

    Técnico Painel de Led

  • Paulinho Corega

    Roadie Hudson

  • Silvia R. Leal

    Assessora

  • Marcos Pinto

    Contrabaixo

  • Narciso Correa

    Bateria

  • Orlan Charles

    Teclado

  • Valdir Avansini

    Guitarra

2013

Na Hora do Buteco

Novo CD Na Hora do Buteco

01. Boate Azul

BOATE AZUL

Doente de amor
Procurei remédio na vida noturna.
Como a flor da noite
Em uma boate aqui na zona sul.
A dor do amor é com outro amor
Que a gente cura.
Vim curar a dor deste mal de amor
Na boate azul.

E quando a noite vai se agonizando
No clarão da aurora.
Os integrantes da vida noturna
Se foram dormir.
E a dama da noite
Que estava comigo
Também foi embora.
Fecharam-se as portas
Sozinho de novo
Tive que sair.

Sair de que jeito,
Se nem sei o rumo para onde vou.
Muito vagamente me lembro que estou,
Em uma boate aqui na zona sul
Eu bebi demais
E não consigo me lembrar sequer.
Qual é o nome daquela mulher,
A flor da noite da boate azul.

E quando a noite vai se agonizando
No clarão da aurora.
Os integrantes da vida noturna
Se foram dormir.
E a dama da noite
Que estava comigo
Também foi embora.
Fecharam-se as portas
Sozinho de novo
Tive que sair.

Sair de que jeito,
Se nem sei o rumo para onde vou.
Muito vagamente me lembro que estou,
Em uma boate aqui na zona sul
Eu bebi demais
E não consigo me lembrar sequer,
Qual era o nome daquela mulher
A flor da noite da boate azul.

02. Entre Tapas e Beijos

ENTRE TAPAS E BEIJOS

Perguntaram pra mim
Se ainda gosto dele
Respondi: "tenho ódio
E morro de amor por ela"

Hoje estamos juntinhos
Amanhã nem te vejo
Separando e voltando
A gente segue andando entre tapas e beijos

Eu sou dela e ela é minha
E sempre queremos mais
Se me manda ir embora
Eu saio pra fora e ela chama pra trás

(refrão)

Entre tapas e beijos
É ódio é desejo
É sonho é ternura
Um casal que se ama
Até mesmo na cama
Provoca loucuras
E assim vou vivendo
Sofrendo e querendo esse amor doentio
Mas se volto pra ela
Meu mundo sem ela
Também é vazio

Perguntaram pra mim
Se ainda gosto dela
Respondi: "tenho ódio
E morro de amor por ela"

Eu sou dela e ela é minha
E sempre queremos mais
Se me manda ir embora
Eu saio pra fora e ela chama pra trás

Entre tapas e beijos
É ódio é desejo
É sonho é ternura
Um casal que se ama
Até mesmo na cama
Provoca loucuras
E assim vou vivendo
Sofrendo e querendo esse amor doentio
Mas se volto pra ela
Meu mundo sem ela
Também é vazio

Entre tapas e beijos
É ódio é desejo
É sonho é ternura
Um casal que se ama
Até mesmo na cama
Provoca mil loucuras
E assim vou vivendo
Sofrendo e querendo esse amor doentio
Mas se volto pra ela
Meu mundo sem ela
Também é vazio

03. Liguei pra dizer que te amo

LIGUEI PRA TE DIZER QUE TE AMO

Já é tarde
É quase madrugada eu não dormi
Com você no pensamento a insistir
Que eu não durma sem falar contigo

Só liguei
Liguei pra te dizer que te amo
Que os momentos que felizes nós passamos
Se morrer irá morrer junto comigo

E ao dormir...
sozinha estiver em seus lençóis
Abrace o travesseiro e pense em nós
Na impressão irá sentir o meu calor

Vá...
Agora já te ouvi posso sonhar
Sentir as suas mãos a me afagar
Vivendo a paz desse amor

Como pode
Dois seres como nós viver assim
Eu louco por você, você por mim
E agora tão distante sem amor

Vá dormir...
E sonhe com nós dois no paraíso
De mãos dadas caminhando no infinito
E pra sempre desfrutando desse amor

E ao dormir...
Sozinha estiver em seus lençóis
Abrace o travesseiro e pense em nós
Na impressão irá sentir o meu calor

Vá...
Agora já te ouvi posso sonhar
Sentir as suas mãos a me afagar
Vivendo a paz desse amor

04. Sofrer Felicidade

SOFRER FELICIDADE

Pior do que xingar ou bater
mentir pra quem te ama, pra quê?
E eu acreditando de novo

Pior que tudo isso é saber
Que você me quer só por prazer
E eu vou apagando seu fogo

Parece que só pensa naquilo
Uma transa sem compromisso
Mas eu quero é ser amado

Mas você não quer saber
Sempre insiste em dizer
Que eu não sou seu namorado

Meu sangue ferve nessa hora
Eu pego o carro e vou embora
Mas no caminho eu já morro de saudade
Quando me liga, logo atendo
É só chamar que eu vou correndo
Me faz sofrer e me traz felicidade

Parece que só pensa naquilo
Uma transa sem compromisso
Mas eu quero ser amado
Mas você não quer saber
Sempre insiste em dizer
que eu não sou seu namorado

Meu sangue ferve nessa hora
Eu pego o carro e vou embora
Mas no caminho eu já morro de saudade
Quando me liga, logo atendo
É só chamar que eu vou correndo
Me faz sofrer e só me traz felicidade

05. Confidências

CONFIDÊNCIAS

Abra os olhos do seu coração
vê se me vê cheio de paixão
bem ao lado seu
enquanto ele não te quer, nem sequer
olha pra você
não me tire por favor a ilusão
me dizendo que sou quase seu irmão
tente me querer

Suas confidências nunca mais
Eu quero ouvir sobre esse rapaz
algo aqui me diz
que ele nem sonha em te amar, nem tentar
te fazer feliz
e eu querendo um minuto de atenção
pra falar de coração pra coração

Ah coração...
Ah coração...
Te dou o céu por um olhar apaixonado
Estou aqui, por que não vê?
Meu coração sofrendo tanto por você

Suas confidências nunca mais
Eu quero ouvir sobre esse rapaz
Algo aqui me diz
Que ele nem sonha em te amar, nem tentar
te fazer feliz
E eu querendo um minuto de atenção
pra falar de coração pra coração

Ah coração...
Ah coração...
Te dou o céu por um olhar apaixonado
Estou aqui, por que não vê?
Meu coração sofrendo tanto por você

06. Talismã

TALISMÃ

Sabe
Quanto tempo não te vejo
Cada vez você distante
Mas eu gosto de você
Porque?

Sabe
Eu pensei que fosse fácil
Esquecer seu jeito frágil
De se dar sem receber
Só você...

Só você que me ilumina
Meu pequeno talismã
Como é doce essa rotina
De te amar toda manhã

Nos momentos mais difíceis
Você é o meu divã
Nosso amor não tem segredos
Sabe tudo de nós dois
E joga fora nossos medos

Vai saudade diz pra ela
Diz pra ela aparecer
Vai saudade vê se troca
A minha solidão por ela
Pra valer o meu viver

07. Dez Corações

DEZ CORAÇÕES

São seus olhos, sua boca
Em você, o que me atrai?
será seu beijo que me deixa louco?
Ou o carinho que você me faz?

Pode ser que quando a gente ama não vê os defeitos
Eu olho pra você e vejo tudo perfeito...
Tudo perfeito

Eu olho pra você, na hora fico assim
Como que tem dez corações batendo dentro de mim
Dentro de mim... dentro de mim...
Quando está longe eu sei a falta que me faz
Quando está perto, deito em teu colo e sinto a paz
Eu sinto a paz...

08. Solidão

SOLIDÃO

Todo dia do meu quarto
Eu a vejo mais bonita
Se arruma e se pinta
e sai....

Mais um dia de sufoco
Eu na rua quase louco
Pensando nela

Na cabeça a sua imagem
No meu peito a vontade...
De ser o homem dela

Eu de volta do trabalho
Vou de novo pro meu quarto...
Vou te amar da minha janela

Solidão...

Quando uma luz se apaga
Eu de novo em casa
Morrendo de amor por ela

Solidão...

Que minha alma extravasa
Não suporto a vontade
De fazer amor com ela

09. Brincar de ser feliz

BRINCAR DE SER FELIZ

Tranquei a porta do meu peito
Depois joguei a chave fora
E bem depressa eu mandei
A solidão embora

E nem dei o primeiro passo
Já dei de cara com você
Me olhando com aquele jeito
Que só você tem quando quer me vencer

Dona das minhas vontades
Com a chave da paixão
Tranquilamente vai e volta
Entra e abre a porta do meu coração

Já sabe o meu ponto fraco
Das minhas manhas e desejos
Desliza sobre a minha pele
Põe na minha boca o mel dos seus beijos

Como é que eu posso
Me livrar das garras desse amor gostoso
O jeito é relaxar e começar
Tudo de novo

Como é que eu posso não querer
Se na verdade eu quero bis
Rolar com você
Nem que seja pra brincar de ser feliz

10. Demorô

DEMORÔ

Te amo tanto, amor
Se eu fosse Deus, livraria você dos perigos
E de me fazer sofrer

Te amo tanto, amor
Se eu fosse Deus, faria você me amar...
Faria comigo sonhar...
e a gente viver!

Mas eu não sou Ele,
Sou um simples mortal!
Que vive na vida um amor total

Mas sou filho Dele
E tenho muito amor
pra te levar pro céu
Demorô, demorô!

Pra te levar pro céu...
Te levar pro céu...
Te levar pro céu... com meu amor
Te levar pro céu, demorô, demorô!

Te levar pro céu...
Te levar pro céu...
Te levar pro céu... com meu amor
Te levar pro céu, demorô, demorô!

Te levar pro céu... com meu amor
Te levar pro céu, demorô, demorô!

11. Fio de Cabelo

FIO DE CABELO

Quando a gente ama
Qualquer coisa serve para relembrar
Um vestido velho da mulher amada
Tem muito valor
Aquele restinho do perfume dela que ficou no frasco
Sobre a penteadeira
Mostrando que o quarto
Já foi o cenário de um grande amor

E hoje o que encontrei me deixou mais triste
Um pedacinho dela que existe
Um fio de cabelo no meu paletó
Lembrei de tudo entre nós
Do amor vivido
Aquele fio de cabelo comprido
Já esteve grudado em nosso suor

Quando a gente ama
E não vive junto da mulher amada
Por uma coisa à toa
É um bom motivo pra gente chorar
Apagam-se as luzes ao chegar a hora
De ir para a cama
A gente começa a esperar por quem ama
Na impressão que ela venha se deitar

12. O Fruto Do Nosso Amor (Amor Perfeito)

O FRUTO DO NOSSO AMOR

Amor perfeito existia entre nós dois,
sem esperar que depois fosse tudo se acabar
Mas neste mundo que o perfeito não tem vida,
Não merecemos querida, viver juntos e amar

Nosso Senhor para sempre te levou
nem ao menos me deixou
o fruto do nosso amor

Aquele filho seria a nossa alegria,
Eu senti naquele dia
ser um pai, ser um senhor

No hospital, na sala de cirurgia,
Pela vidraça eu via
Você sofrendo a sorrir

E seu sorriso aos poucos se desfazendo,
Então vi você morrendo
Sem poder me despedir

13. Chalana

CHALANA

Lá vai a chalana
Bem longe se vai
Riscando o remanso
Do Rio Paraguai

Oh! Chalana sem querer
Tu aumentas minha dor
Nessas águas tão serenas bis
Vai levando meu amor

E assim ela se foi
Nem de mim se despediu
A chalana vai sumindo
Lá na curva do rio

E se ela vai magoada
Eu bem sei que tem razão
Fui ingrato, eu feri
O seu pobre coração

refrão

14. Vida e Saudade

VIDA E SAUDADE

Vida por que te amar se a minha vida é viver com ela
Vida, não sei se vivo não há mais vida distante dela
Vida se tu disseste quanto mais tempo terei de vida
Eu saberia o quanto de sofrimento resta-me ainda

Vida, pensei que eu me livrasse dessa saudade que me alucina
Vida, mas logo fiquei sabendo vida e saudade não se combinam
Vida, estou numa tempestade nesse tormento dentro de mim
Se não findar a saudade a minha vida pode ter fim
Se não findar a saudade a minha vida pode ter fim

Vida eu me embriago bebendo os sonhos que ela serviu
Na taça das ilusões ela me brindou quando me surgiu
Vida o esquecimento é muito triste e eu me desespero
Vida está comigo porém confesso que não te quero

Vida, pensei que eu me livrasse dessa saudade que me alucina
Vida, mas logo fiquei sabendo vida e saudade não se combinam
Vida, estou numa tempestade neste tormento dentro de mim
Se não findar a saudade a minha vida pode ter fim
Se não findar a saudade a minha vida pode ter fim
A minha vida pode ter fim

15. Terra Tombada

TERRA TOMBADA

É calor de mês de agosto, é meados de estação
Vejo sobras de queimada e fumaça no espigão
Lavrador tombando terra, dá de longe a impressão
De losângulos cor de sangue desenhados pelo chão

Terra tombada é promessa, de um futuro que se espelha
No quarto verde dos campos, a grande cama vermelha
Onde o parto das semente faz brotar de suas covas
O fruto da natureza cheirando a criança nova

Terra tombada, solo sagrado chão quente
Esperando que a semente, venha lhe cobrir de flor
Também minha alma, ansiosa espera confiante
Que em meu peito você plante, a semente do amor

Terra tombada é criança, deitada num berço verde
Com a boca aberta pedindo para o céu matar-lhe a sede
Lá na fonte ao pé da serra, é o seio do sertão
A água, leite da terra alimenta a plantação
O vermelho se faz verde, vem o botão vem a flor
Depois da flor a semente, o pão do trabalhador
Debaixo das folhas mortas, a terra dorme segura
Pois nos trará para o ano um novo parto de fartura

Terra tombada, solo sagrado chão quente
Esperando que a semente, venha lhe cobrir de flor
Também minha alma, ansiosa espera confiante
Que em meu peito você plante, a semente do amor

16. Fogo e Paixão

FOGO E PAIXÃO

Você é luz, é raio estrela e luar,
Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô
Você é sim, e nunca meu não,
Quando tão louca, me beija na boca
Me ama no chão.

Você é luz, é raio estrela e luar,
Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô
Você é sim, e nunca meu não,
Quando tão louca, me beija na boca
Me ama no chão.

Me suja de carmim, me põe na boca o mel,
Louca de amor me chama de céu (ioiô ioiô...)
E quando sai de mim, leva meu coração,
Você é fogo, eu sou paixão!

Você é luz, é raio estrela e luar,
Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô
Você é sim, e nunca meu não,
Quando tão louca, me beija na boca
Me ama no chão.

Me suja de carmim, me põe na boca o mel,
Louca de amor me chama de céu... me chama de céu...
E quando sai de mim, leva meu coração,
Você é fogo, eu sou paixão!

Você é luz, é raio estrela e luar,
Manhã de sol, meu iaiá, meu ioiô
Você é sim, e nunca meu não,
Quando tão louca, Me beija na boca
Me ama no chão.

Quando tão louca, Me beija na boca
Me ama no chão.

Quando tão louca, Me beija na boca
Me ama no chão.

17. Dois Passarinhos

DOIS PASSARINHOS

No instante em que você me beija
Toda tristeza chega ao fim
Uma fogueira acesa
Ardendo e queimando dentro de mim

Diz que eu sou seu amor
E meu amor você é
Que encontrei meu destino
E que eu sou tudo que você quer

E quando você me abraça
Eu de mais nada preciso
Se acaso você se afasta
Até me falta o ar que respiro

Porque lhe dei meu Amor
E meu amor você tem
Eu não consigo ficar
Nem ao menos sonhar
Em amar outro alguém

Somos dois grandes amigos
Essa é a nossa verdade
E para nós o respeito
É o segredo da nossa amizade

Nós somos dois passarinhos
Se um precisa o outro consola
Sempre trocando carinho
Juntinhos no fundo da nossa gaiola

18. Não Desligue o Rádio

NÃO DESLIGUE O RÁDIO

Se ligar o rádio por acaso
E de repente ouvir a minha voz
Não mude de estação
Escute o coração de quem te ama.

Eu tenho tanta coisa pra dizer
E gostaria que chegasse até você
Por isso é que eu lhe peço, por favor
Não desligue o rádio.

Eu vou lembrar a música que um dia
Você ouviu pela primeira vez
Em minha companhia falando de amor e ilusão.

Eu quero te dizer que te preciso
E continuo sendo aquele amigo
E quero estar contigo mesmo sendo assim em forma de canção.

Não desligue o rádio, escute a minha voz
Eu ando tão sozinho e não consigo esquecer
Eu e você já fomos nós.

Não desligue o rádio, escute essa canção
É a única maneira que achei para chegar
Até seu coração.

Eu quero te falar da minha vida
Com essa voz que sai do coração
Dizer que a sua ausência
Aumenta e alimenta o meu sofrer.

E só agora nesta melodia
Encontrei uma maneira de dizer
Que em todos os meus dias perdi muito de mim
Sem ter você.

REFRÃO

Não desligue o rádio, não desligue não
Eu quero estar contigo, mesmo sendo assim
em forma de canção...

19. O Último Julgamento

O ÚLTIMO JULGAMENTO

Senta aqui neste banco
Pertinho de mim
Vamos conversar
Será que você tem coragem
De olhar nos meus olhos
E me encarar

Agora chegou sua hora
Chegou sua vez
Você vai pagar
Eu sou a própria verdade
Chegou o momento
Eu vou te julgar

Pedi pra você não matar
Nem para roubar
Roubou e matou

Pedi pra você agasalhar
A quem tinha frio
Você não agasalhou

Pedi pra não levantar falso
Testemunho
Você levantou

A vida de muitos coitados
Você destruiu
Você arrasou

Meu Pai te deu inteligência
Para salvar vidas
Você não salvou

Em vez de curar os enfermos
Armas nucleares você fabricou
Usando sua capacidade
Você destruiu, você se condenou

A sua ganância foi tanta
Que a você mesmo, você exterminou

O avião que você inventou
Foi para levar a paz e a esperança
Não pra matar seus irmãos
Nem para jogar bombas nas minhas crianças

Foi você quem causou essa guerra
Destruiu a Terra e seus ancestrais
Você é chamado de homem, mas é o pior dos animais

Agora que está acabado pra sempre
Vou ver se você é culpado ou inocente
Você é um monstro, covarde e profando
É um grão de areia frente ao oceano

Seu ouro falou alto
Você tudo comprou
Pisou nos mandamentos
Que a lei santa ensinou

A mim você não compra com o dinheiro seu
Eu sou Jesus Cristo, o filho de Deus.

2013

Faço Um Circo Pra Você

Faço Um Circo Pra Você

01. Meu Amor É 10

02. Porta Retrato

03. Dona Do Meu Coração

04. Rosana

05. Vou Tomá Um Pingão

06. Mulher De Porre É Mole

07. Faço Um Circo Pra Você

08. Rabo De Saia / Me Bate, Me Xinga

09. Dói O Peito

10. Baby Tonight!

11. Me Liga, Beijo E Tchau

12. Muleque Biscate

13. Só Penso Em Você

14. Azul

2012

Deu Saudade

Deu Saudade

01. Deu saudade

02. Eu Sou

03. Você

04. Muleque Biscate

05. Amor Demais

06. Esqueça que eu te amo

07. Foi Você Quem Trouxe

08. Galera Coração

09. I Can't Unlove You

10. Fala

11. Te Quero Pra Mim (It Matters To Me)

12. Tá No Meu Coração

13. Foi Deus

14. Vamos Fazer Festa

2009

Despedida

Despedida

01. Tudo É Paixão

02. Nasci Pra Te Amar Demais

03. Frio da Madrugada

04. Parabéns Pro Amor de Nós Dois

05. Pra Não Chorar

06. Aumenta o Som

07. Levo Minha Paixão

08. Roupas No Armário

09. Comendo Um Filé

10. Tropé

11. Foi Você Quem Trouxe

12. Deixa Eu Te Amar

13. Presente do Céu

14. Uma Lágrima No Olhar

15. Vem Também

2007

Românticas

Românticas

01. Por que Chora A Tarde

02. Porta-Retrato

03. Bye, Bye Tristeza

04. Azul

05. Jura

06. Ciúme Exagerado

07. Volta

08. Mil Razões Para Chorar

09. Meu Anjo

10. Você é Tudo Que Eu Preciso

11. Te Dar Tristeza Nunca Mais

12. Quer Namorar Comigo

13. Te Quero Pra Mim

14. Deixa Eu Te Amar

2007

Na Moda do Brasil – Ao Vivo

Na Moda do Brasil – Ao Vivo

01. Viva a Vida

02. As Andorinhas

03. Bicho Bom É Mulher

04. Do Mundo Nada se Leva

05. O Doutor e a Empregada

06. Viola Está Chorando

07. Vá Pro Inferno com Seu Amor

08. Quebradas da Noite

09. Blusa Vermelha

10. Estrada da Vida

11. Ainda Ontem Chorei de Saudade

12. Saudade de Minha Terra

13. Bobeou... a Gente Pimba

14. Hoje Eu Não Posso Ir

2007

Na Arena Ao Vivo

Na Arena Ao Vivo

01. Assovia

02. Solidão Aqui Já Era

03. Fala

04. Galera Coração

05. Tá no Meu Coração

06. Imprevisível

07. Hoje Eu Posso Chorar

08. Fui Buscar

09. Ela Encasquetou

10. Eu Quero Mais

11. Foi Deus

12. Vamos Fazer Festa

13. Eu Não Sei Dizer que Eu Não Te Amo

14. Não Sou Eu Quem Te Faz Sonhar

15. Solte a Garganta

2006

Duas Vidas, Dois Amores

Duas Vidas, Dois Amores

01. Eu Não Sei Dizer Que Eu Não Te Amo

02. Hoje Eu Posso Chorar

03. Assovia

04. Duas Vidas, Dois Amores

05. Hei Você Aí

06. Ela Encasquetou

07. Para Sempre

08. Eu Nunca Amei Uma Mulher Assim

09. Que Amor É Esse

10. Nem Ilusão

11. Foi Deus

12. A Gente Vai

13. Perdoa-me

14. Esqueça Que Eu Te Amo

2006

Bailão de Edson & Hudson

Bailão de Edson & Hudson

01. Entra na Arena

02. Cervejaria

03. Festa louca

04. Zoião

05. Me Bate, Me Xinga

06. Mulher, Cerveja e Viola

07. Pagode em Brasília/Pagode/ A Coisa Tá Feia

08. Chora viola (Edson/Beijinho)

09. Sapateia Galera

10. Fogo do desejo

11. Anjo Loiro

12. Rabo de Saia

13. O Bicho Vai Pegar

14. Zoião

2005

Galera Coração

Galera Coração

01. Galera Coração

02. É Amor Demais

03. Ta No Meu Coração

04. Por Trás da Chuva

05. Solte a Garganta

06. Não Tem Dia, Não Tem Hora

07. Chocolate Com Pimenta

08. Chega Junto

09. Amor E Ilusão

10. Quantas Lembranças

11. Abre A Janela

12. Por Amar Essa Mulher

13. Nossa História

14. O Caldeirão Vai Ferver

2005

Galera Coração – Ao Vivo

Galera Coração – Ao Vivo

01. Galera Coração

02. É Amor Demais

03. Tá No Meu Coração

04. Festa Louca

05. Esqueça Que Eu Te Amo

06. Solte a Garganta

07. Não Tem Dia, Não Tem Hora

08. Chocolate Com Pimenta

09. Chega Junto e Solta a Voz

10. Vou Tentar Ser Herói

11. Amor E Ilusão

12. Quantas Lembranças

13. Vai Ser Pior Tentar Outra Vez

14. Bebo pa Carai

15. Por Amar Essa Mulher

16. Nossa História

2005

O Melhor de Edson & Hudson

O Melhor de Edson & Hudson

01. Azul

02. Mil Razões Para Chorar

03. Porta Retrato

04. Zoião

05. Jura

06. Te Quero Pra Mim

07. Me Bate, Me Xinga

08. 24 Horas de Amor

09. Você É Tudo Que Eu Preciso

10. Ciúme Exagerado

11. É Impossível Te Esquecer

12. Deixa Eu Te Amar

13. Festa Louca

14. Majestade O Sabiá

15. Quer Namorar Comigo?

16. Rabo-De-Saia

17. A Força da Paixão

18. Chico Mineiro / Estrada da Vida / O Menino da Porteira

19. O Bicho Vai Pegar

20. Cervejaria

2004

O Chão Vai Tremer

O Chão Vai Tremer

01. Entra na Arena

02. Volta

03. Porta-Retrato

04. Rabo-de-Saia

05. Quer Namorar Comigo?

06. Dizem Que Eu Mudei

07. Cervejaria

08. Somos Assim

09. Ou Não

10. O Bicho Vai Pegar

11. Só Penso Em Você

12. Ciúme Exagerado

13. Te Dar Tristeza Nunca Mais

14. Sapateia Galera

2002

Acústico Ao Vivo

Acústico Ao Vivo

01. Azul

02. Mil Razões Para Chorar

03. Deixa Eu Te Amar

04. Festa Louca

05. Meu Anjo

06. Me Bate, Me Xinga

07. Cidadão

08. Mulher, Cerveja e Viola

09. A Força Da Paixão

10. Saudade

11. Zoião

12. Jura

13. Te Quero Pra Mim

14. Pagode Em Brasília/Pagode

2001

No Limite Da Saudade

No Limite Da Saudade

01. Jura

02. Zoião (Tivas/Nino)

03. No Limite da Saudade

04. Anjo Loiro

05. Você É Tudo Que Eu Preciso

06. Coração de Mulher

07. Deixa Eu Te Amar

08. Fogo do Desejo

09. Pra Enganar Meu Coração

10. A Matogrossense

11. Bye Bye Tristeza

12. Chora Viola

1997

Festa Louca

Festa Louca

01.Música No Ar

02.Outra Vez a Paixão

03.Festa Louca

04. Vai E Vem

05. Eu Não Sou Como Ele

06. Os Dois Lados da Vida

07. Se Ficar o Bicho Come

08. Te Dar Tristeza Nunca Mais

09. Pra Que Se Enganar

10. Eu Já Chorei Demais

11. Vai Ser Pior Tentar Outra Vez

12. No Embalo da Canção

13. Te Quero Pra Mim

14. Briga de Salão

1995

Aprende A Me Amar

Aprende A Me Amar

01. Aprende a me amar

02. Pra Você Voltar

03. Na hora do Banho

04. Levo Ela Pra Jantar

05. Cheiro de Amor

06. Flor de Paixão

07. Pelas Curvas do Seu Corpo

08. Delícias da Vida

09. Pinta e Borda

10. Rio e Nova York

11. Pra Não Sobrar Maçã

fotos

Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Área do
Contratante

digite o seu login
digite sua senha

Downloads

Faça download do nosso PRESS KIT AQUI!

Contrate!

19 3367-6519 19 3367-6520
19 99934-7233

contato@edsonehudson.art.br www.azulproducoesartisticas.com.br

R. Avelino Silveira Franco, 149 sala 407/411
Ville Sainte Helene - Sousas / Campinas - SP
CEP: 13105-822

Pedido de
Data

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite a cidade/UF do evento
Digite a data do evento
Escolha o tipo de portaria
Escolha o perfil do evento
Digite uma mensagem
Digite seu nome
Digite seu e-mail

19 3367-6519 19 3367-6520
19 99934-7233

Assessora de Imprensa:
Bianca Ceará (19) 99264-1190

www.azulproducoesartisticas.com.br

R. Avelino Silveira Franco, 149 sala 407/411
Ville Sainte Helene - Sousas / Campinas - SP
CEP: 13105-822

fale
Conosco

Digite seu nome
Digite seu e-mail
Digite o assunto
Digite uma mensagem
Edson & Hudson © 2013 Todos os direitos reservados.